Rodovia Ivane Fretta: previsão de conclusão é até junho de 2019

Representantes do Governo do Estado, entre eles o Secretário de Infraestrutura, Paulo França e o chefe de gabinete do governador, Miguel Ximenes, estiveram em Tubarão, na tarde de sexta-feira, 14, para apresentar um panorama do andamento das obras da rodovia Ivane Fretta Moreira, que deve ser concluída no primeiro semestre de 2019. O encontro aconteceu na ACIT, para lideranças e imprensa.

Com quase cinco quilômetros de extensão, a rodovia fará uma nova ligação da região central de Tubarão e da BR-101 com a comunidade de São Martinho e o Vale do Rio Braço Norte.

Contextualizando com o atual estágio da obra, foram apresentados os motivos que impediram a entrega ainda este ano, em especial o excesso de chuvas. O governador Eduardo Pinho Moreira, que não pôde estar presente por motivos de ordem particular, enviou um vídeo onde disse que a rodovia representará um importante vetor de desenvolvimento para o Sul do Estado. Moreira afirmou ainda que conversou com Carlos Moisés da Silva, o futuro governador, sobre a importância da obra e que ele garantiu a sua conclusão.

Ex-prefeito de Tubarão na década de 1980, Ximenes afirmou que esse é o maior investimento realizado pelo Governo do Estado nos últimos anos na região. Segundo ele, o empenho pessoal do governador no projeto fez com que ele se tornasse realidade. “Como ex-prefeito, posso dar esse testemunho. Não houve investimento tão vultuoso no perímetro urbano de Tubarão nos últimos 50 anos. A ansiedade para que essa rodovia seja concluída é tamanha que foi necessário que o governo aqui viesse para explicar o que levou à não conclusão em 2018 ”, diz Ximenes.

O secretário Paulo França salientou a importância dos investimentos em infraestrutura como aceleradores do crescimento. Nesse sentido, ele citou o boom ocorrido no Norte do Estado depois da duplicação da BR-101. “É uma rodovia que vai trazer o desenvolvimento que essa região merece, com condições de se expandir cada vez mais. A questão da mudança não interfere nas ações do Estado”, afirma França.

Novas perspectivas

Além de desafogar o trânsito, a estrada corta futuros empreendimentos residenciais. Na visão do presidente da ACIT, Edson Martins Antonio, há um paralelo com a região da Via Rápida, em Criciúma. “Há uma grande expectativa por tudo que essa rodovia vai atrair de investimento para a cidade, além de contribuir para que as pessoas se desloquem com mais facilidade”, disse.

CLIQUE AQUI e assista o vídeo com depoimentos de empresários

O prefeito Joares Ponticelli vai na mesma linha e diz que existe a expectativa de que o desenvolvimento da cidade caminhe para os lados da rodovia Ivane Fretta Moreira até 2050. “É a Nova Tubarão. Nossa população pode dobrar até 2050 e aquela região vai impulsionar esse processo”, diz Ponticelli.

A rodovia

No começo da evento, o engenheiro Severino Soares Silva, da Esse Engenharia e Consultoria, responsável pelos trabalhos, fez uma explanação sobre os desafios enfrentados ao longo dos últimos meses, como o excesso de chuvas e as características do solo, muito mole, que obrigaram à utilização de uma tecnologia de geodrenagem. Por fim, ele elencou os benefícios da rodovia, que conta com duas pontes, ciclovia, um viaduto, iluminação com cabeamento subterrâneo e uma passarela estaiada.

Com informações da Assessoria de Comunicação

Tags

Arquivos

Recentes

Destaques

© 2016 ACIT. Orgulhosamente criado por 

Agência Onde Marketing Digital | Google Trust

Av. Marcolino Martins Cabral, 1788 - Ed. Minas Center, 2º andar

Vila Moema  |  Tubarão - SC  |  CEP: 88705-000

+55 (48) 3626.6222  -  secretaria@acittubarao.com.br